YVES SAINT LAURENT – Fashion & facts

Todo mundo sabe que Yves Saint Laurent é um dos maiores ícones da moda, mas poucas pessoas sabem de sua história. Pois é… O jovem introvertido que revolucionou a forma como as pessoas se vestiam, também ficou conhecido como o gênio da alta-costura.

YSL – Foto: Reprodução

Tudo começou quando ele deixou a casa dos pais aos 17 anos para viver em Paris e trabalhar para o estilista 🪡 Christian Dior.

Aos 21 anos, em 1957, Yves Saint Lauren recebeu um convite para substituir Dior – que havia falecido repentinamente. Este foi o desafio que elevou ainda mais a sua carreira. Por exemplo, com a criação do famoso vestido trapézio – fruto da coleção que salvou Dior da falência.

Feita em formato de trapézio, a peça é uma versão mais leve do look de Dior, sabe?

Yves Saint Laurent - Moda
French designer Yves Saint-Laurent uses chalk to sketch fashion designs on a chalkboard in the atelier of the House of Christian Dior, where he had just been named as successor to couturier Christian Dior, Paris, France, November 1957. (Photo by RDA/Getty Images)

Veja as criações de Yves Saint Laurent que revolucionaram a moda:

Silhueta em A: obra de sua estreia solo, também conhecida por silhueta trapézio. O formato revolucionou o que era conhecido como feminino, já que os modelos tradicionais para mulheres tinham foco em destacar a silhueta.
Alfaiataria: o corte impecável da modelagem plana fez das roupas de Yves Saint Laurent as mais cobiçadas do mercado. A jaquete safári, de 1968, conquistou espaço em inúmeros editorias de moda pelo mundo.
África: Yves Saint Laurent foi um dos primeiros a se inspirar em outras culturas para desenvolver coleções ricas em informação, assim lançou a coleção “África”.
Macacão: Conforto em primeiro lugar! O macacão preto continua sendo a peça mais usada hoje em dia.
Anúncios
Smoking feminino: um dos maiores hits de Yves Saint Laurent foi ter a audácia de construir um look masculino para as mulheres, como fez Coco Chanel.
Pop Art: Yves Saint Laurent amava pop art, por isso, chegou a inserir o gênero artístico em suas criações.
Mondrian: o vestido inspirado pelo artista francês Mondrian é uma das peças mais icônicas do estilista.

Mas, a ousadia que ele carregava em suas criações não eram bem vistas por todas as pessoas do grupo Dior…

Por isso, em 1961, na volta à Paris após um convite para servir ao exercito, Yves Saint Lauren decidiu abrir sua própria marca, a YSL.

A grife então nasceu a partir da parceria com o empresário Pierre Bergé e contou com a participação de colaboradores que vieram da Dior – além do financiamento oferecido pelo milionário americano J. Mack Robinson.

Sendo assim, a marca logo ficou conhecida no mundo da moda após o sucesso do lançamento da sua primeira coleção, em 1962.

Yves Saint Laurent & Pierre
Yves Saint Laurent & Pierre Bergé.
Anúncios

Alguns anos se passaram até que Yves Saint Laurent resolveu mexer ainda mais na moda feminina. Logo, o artista trouxe inspirações andróginas para um novo conceito de “roupas masculinas”.

É o caso, por exemplo, do primeiro smoking lançado em 1966 que continua sendo produzido em diversas versões com o mesmo tecido.

Foto: Reprodução

Leia também:

LOOK CASUAL COM GRAVATA
Anúncios

Ele pretendia democratizar a indústria da moda, então, criou produtos de alta qualidade com preços mais baixos e acessíveis, trazendo catálogos para diferentes tipos de público.

A qualidade e a criatividade que o estilista tinha ao colocar sua personalidade nas peças, tornou a grife uma das mais famosas do mundo.

Só pra você ter uma ideia, durante os 40 anos de carreira, Yves Saint Laurent chegou à 70 coleções criadas.

Mas, em 1999, ele decidiu vender sua marca para o gigante PPR (mesmo assim continuou como diretor de criação) e decretou sua aposentadoria em 2002 num desfile retrospectivo realizado em Paris – que contou com a participação de uma de suas musas: Catherine Deneuve.

Infelizmente, Yves Saint Laurent faleceu no dia primeiro de junho de 2008, em Paris. Porém, sua marca de luxo continua sendo muito importante e nunca vai sair de moda.

Além do sucesso da história de sua marca, o lendário estilista francês conta também com a criação de um novo museu em Marrakesh – criado em 2017 e projetado pelo escritório de arquitetura Studio KO.

Quando Yves Saint Laurent descobriu Marrakech pela primeira vez em 1966, a cidade o comoveu tanto que ele imediatamente decidiu comprar uma casa aqui e voltava regularmente. Parece perfeitamente natural, cinquenta anos depois, construir um museu dedicado ao seu trabalho, tão inspirado neste país.”

Pierre Bergé.
Anúncios

E, eu não poderia terminar esse post sem falar que, apesar de tanto sucesso, algumas polemicas permanecem vivas até hoje.

É o caso da fragrância Opium, perfume lançado em 1977, que continua gerando desconforto: “A palavra ‘ópio’, para nós, é como a palavra ‘holocausto’ para os judeus. Lembra tudo que é feio, ruim e doentio e que destruiu nosso país.” (…) | Matéria completa em: gnt.globo.com


7 Comments

Deixe uma resposta