Balaclava e o preconceito por trás dessa tendência

Sabia que a balaclava surgiu durante a Guerra da Crimeia, lá em 1854? Pois bem, nessa época, ela só servia para proteger as tropas inglesas do frio, mas o acessório se modificou bastante ao longo do tempo até atingir outras utilidades…

Balaclava e o preconceito por trás dessa tendência
Desfile da coleção masculina da grife Louis Vuitton durante a Paris Fashion Week em junho de 2022 – Foto: Reprodução / Getty Images

Você sabe o que é uma balaclava?

Então, a balaclava é uma espécie de gorro que cobre o rosto, o queixo e o pescoço; muito usada na prática de esportes como o ski, o snowboard e o fórmula 1.

A peça que tem muita semelhança com um capuz de blusão, já vem ganhando o coração de muita gente ligada ao universo fashion. No exterior, por exemplo, as pessoas estão levando o acessório muito a sério.

Sugestão de leitura:

Rihanna revoluciona a moda para gestantes com sua gravidez
Anúncios

Vamos lá… É provável que você já tenha visto o acessório por aí. Por exemplo, entre os pilotos de motocicleta 😅 Mas, ele é bem mais antigo que isso… Então, vem comigo que eu vou te contar outros detalhes…

Não dá pra negar que estamos vivenciando um tipo de apreciação do estilo eslavo. Sério. Só pra você ter uma idéia: as buscas pela frase “estética russa” alcançaram um dos maiores picos no Pinterest em apenas uma semana (mais precisamente nos primeiros dias de dezembro de 2021 lá no Reino Unido).

Aliás, você já sabia que as armaduras da idade média inspiraram o acessório? Pois é, além de tantos conceitos, a temporada de inverno deste ano garante a balaclava como uma tendência MUITO forte.

Anúncios

O preconceito com a balaclava

Infelizmente, muita gente ainda associa o acessório ao crime e à violência. ☹️

No Brasil, por exemplo, é quase impossível falar dessa tendência sem falar do preconceito e do racismo. Sim! A balaclava faz parte de um imaginário muito negativo e repleto de preconceito.

Você consegue imaginar um cenário onde uma pessoa preta é respeitada ao usar uma balaclava a noite? Pois é… O racismo ultrapassa lugares inimagináveis!

MET GALA 2021: Demma Gvasalia & Kim Kardashian West – Foto: Reprodução
Show de encerramento do MET GALA 2021 com Justin Bieber – Foto: Reprodução

Inclusive, a característica de ter o rosto completamente coberto pode ser cool, mas quando uma mulher muçulmana usa o véu como símbolo religioso, ela sofre preconceito até para conseguir emprego.

É muito comum que essas mulheres não passem nem da primeira fase da entrevista de emprego… Ou seja, a balaclava só é aceita quando é vista como um item de moda.

É como se o acessório só fosse aceito pela sociedade quando vem acompanhado de uma etiqueta de grife, cores divertidas ou se for usada por pessoas que estão dentro do padrão socialmente aceito.

Mas, a moda já vem discutindo isso há um certo tempo, principalmente em relação a apropriação cultural. Até porque não é justo que uma peça só possa ser usada por pessoas que atendem à padrões específicos.

Chegou a hora de repensar e levar todo o percurso desse acessório em consideração!

Balaclava e o preconceito por trás dessa tendência
Ines Silva via Instagram (@irislovesunicorns)
Douglas Rocha via Instagram (@lealrocha.co)
Anúncios

Considerações finais

Apesar da balaclava ser uma tendência nova, um tanto exótica e polêmica, aqui no Brasil dá super para usar o acessório em muitas regiões e lugares (já que vivemos num país tropical).

Aliás, como a moda vem passando por transformações significativas, a balaclava acaba se tornando a peça principal dos looks e a responsável por caracterizar a identidade visual de quem usa.

João Guilherme – Foto: Reprodução / YouTube / Matheus Mazzafera

Esse tipo de acessório muda completamente a personalidade das roupas. Por isso, muita gente usa a balaclava para fugir do óbvio e agregar mais informações de moda e estilo.

Tem muita opção colorida e feita de materiais como o tricô e o crochê – que além de estarem super em alta, vão continuar fazendo parte das temporadas de inverno através das balaclavas.

Nas passarelas, o acessório deu uma cara nova aos looks e já estão dominando as produções dos maiores ícones da moda como Kanye West, Kim Kardashian e Beyoncé.

Kanye West na apresentação do álbum Donda, em Atlanta – Foto: Reprodução
Kim Kardashian usando balaclava na apresentação do álbum Donda de Kenye West – Foto: Reprodução / Instagram
Beyoncé de balaclava na turnê On The Run II – Foto: Reprodução / Getty Images

Você pode apostar num look equilibrado ao usar a peça como ponto de cor da sua produção. Mas, o acessório pode se tornar um contra ponto de um outfit mais pesado, por exemplo, em composições de looks all black.

E mesmo com todo preconceito, não dá pra negar que as inspirações culturais das balaclavas são proporcionadas pelo atual momento que estamos vivendo. São os tempos sombrios e de muitas incertezas que estão influenciando a moda.

De uma coisa eu tenho certeza: esse tipo de acessório vem ganhando cada vez mais força e será visto com muita frequência.


Deixe uma resposta

POSTAGENS RECENTES